Saúde | Muda de hábitos

Motivação, empenho, ânimo, entusiasmo: pontos essenciais na tua check-list quando finalmente decides que há algo na tua rotina que queres mesmo mudar. Mas como combiná-los na dose certa para ser mais fácil atingires o teu objectivo?

Poucas frases são tão certeiras como esta: muda de hábitos, muda a tua vida. Os hábitos são modelos, conscientes e inconscientes, que desenham o nosso quotidiano. São as linhas com que nos cosemos, criadas pelo nosso cérebro, que nos permitem executar as tarefas necessárias ao nosso dia a dia. Normalmente em piloto automático, os hábitos podem ser aliados extraordinários e contribuir em larga escala para chegarmos aos objectivos que traçamos ou, pelo contrário, obstáculos gigantes, verdadeiros moinhos de vento que se intrometem ente o que somos e o que queremos ser.

O que te move

Perder peso, deixar de fumar, fazer desporto e comer de forma saudável são os fins mais comuns que traçamos para nós, e também aqueles que exigem uma mudança mais concreta. Porém, e apesar de aceitarmos os benefícios da mudança de hábitos, o nosso cérebro vive de milhares de pequenas rotinas que, para serem desviadas da rota normal, precisam de um empurrão claro, um virar conciso, aquilo que chamamos de motivação.

A origem

Mudar um hábito requer que pensemos sobre ele, que elaboremos uma estratégia e metamos mãos a obra. Antes de mais, importa perceber de onde vem o hábito que queremos erradicar. Mesmo que nos prejudique, ele virá de algum sítio que nos proporcione conforto e segurança. Que sítio é esse? Ainda que essa rotina nos crie sofrimento, antes dela há um local de nós que nos dá segurança. De outra forma, esse hábito não existiria. Analisa de que forma a introdução deste novo hábito vai alterar a rotina que tens. Por exemplo, o que fazes normalmente durante o período em que podias estar a fazer exercício? De que maneira vai esse tempo de exercício alterar a tua rotina?

Saúde

Estratégia

Depois de analisados os factos, desenha uma estratégia. Se o objectivo é fazer dieta, de que precisas? Comprar outro tipo de comida? Arranjar uma nova despensa? Fazer menus semanais? O planeamento é muito eficaz quando estamos convictamente decididas a mudar de vida. E ao pensares nesta nova etapa, pensa em cada mudança em termos emocionais. Custa-te levantar mais cedo para caminhar? Custa. Mas não é bom sentires-te bem com o teu corpo? E começar o dia bem-disposta? Claro que sim!

Agir

Mãos a obra! Há quem defenda que o cérebro precisa de 21 dias de novos hábitos para que a mudança seja efectiva. Faz esse teste, rotina a rotina.

Começa pelo que é mais importante e muda a tua vida, passo a passo. Faz o melhor que conseguires por ti mesmo.

E lembra-te: muda de hábitos, muda de vida!

loading...

Deixar Comentário